FANDOM


lveWikiEsboço Esboço
Esta página é considerada um esboço pelo editor. Existem dois motivos padrões para isto:
- Informações podem estar faltando, ou elas não estão confirmadas e com referência para provar ou o último editor não à considerou como tendo informações básicas suficiente.
- Erros de gramática podem ser encontrados, sendo necessário uma revisão.
Qualquer visitante pode ajudar adicionando informações ou corrigindo erros, bastando antes olhar a página guia Como Ajudar a Wiki, para saber como editar a página e ter uma noção rápida sobre o código usado em wikis.

WikiAviso Todas as informações sobre este planeta são consideradas desatualizadas, uma vez que são da época de lançamento do primeiro jogo, StarCraft II: Wings of Liberty. Com o lançamento das campanhas seguintes (Heart of the Swarm e Legacy of the Void) e do pacote de missões, acontecimentos importantes desenvolveram à história da franquia a ponto de o planeta e suas característica terem sido alterados. A versão da wiki em inglês oferece informações sobre tais acontecimentos para quem esteja interessado nesse primeiro momento.

Mar Sara foi o quarto mundo colonizado pela antiga Confederação Terrana. Apesar de ser considerado um planeta atrasado, sua indústria de mineração era um elemento de importância estratégica. O lugar foi invadido pelos zergs e posteriormente incinerado pelos protoss. Em 2502, alguns terranos intrépidos terraformaram e recolonizaram Mar Sara.

O sistema Sara foi inicialmente catalogado por exploradores independentes e colonizado por uma expedição vinda de Tarsonis alguns anos depois. Mar Sara tornou-se a oitava das treze principais colônias da Confederação Terrana. Este sistema solar é peculiar por possuir dois planetas habitáveis, mas Mar Sara sempre foi considerada uma colônia menor em comparação com a rica Chau Sara.

Mar Sara foi um dos primeiros planetas a ser infestado pelos zerg quando eles penetraram no espaço terrano. Também foi o primeiro planeta onde as forças confederadas conseguiram conter o avanço do Enxame. A maioria dos combatentes, porém, era da milícia local.

Por defenderem seus lares, os milicianos foram em seguida presos pelo Coronel Edmund Duke, comandante do esquadrão Confederado do sistema. Estes prisioneiros foram em seguida liberados por um grupo rebelde chamado de Filhos de Korhal. O líder dos rebeldes chamava-se Arcturus Mengsk.

Os Filhos de Korhal ajudaram na evacuação de Mar Sara depois que a Confederação deixou o planeta à própria sorte. Também obtiveram acesso a informações secretas deixadas num centro de pesquisa da Confederação em Mar Sara, chamado “Instalação Jacobs”. As informações revelavam que a Confederação sabia do ataque iminente dos zergs e fazia experimentos em espécimes em cativeiros. Acredita-se que a Confederação sacrificou o planeta para testar uma arma secreta que incitava os zergs à invasão.

Para conter a infestação zerg, um esquadrão protoss, sob o comando do Carrasco Tassadar, incinerou Mar Sara enquanto orbitava o planeta, assim como havia feito com seu planeta-irmão, Chau Sara.

Após a incineração de Mar Sara pelos protoss, o sistema Sara parecia ter pouco a oferecer à raça terrana. Com a destituição da Confederação, o sistema foi completamente abandonado. Exploradores da União Kelmoriana, porém, retornaram ao sistema e descobriram que os minérios em Mar Sara tinham adquirido propriedades únicas com o bombardeamento protoss. A União Kelmoriana reclamou então o sistema Sara para si para exploração mineral. Empreiteiros independentes têm recebido contratos desde então para sugar todos os recursos destes planetas.

Recentemente a Supremacia Terrana tem demonstrado interesse pelo sistema Sara, e tem estabelecido postos avançados na região. A União Kelmoriana afirma que só autorizou os postos avançados por motivo de segurança, para conter a pirataria e revoltas nos campos de mineração. Há relatos de que há zergs no planeta. Acredita-se que estes organismos repovoaram este mundo inóspito depois do bombardeamento protoss.

Dados do PlanetaEditar

População: mais de 80.000 terranos, não se sabe sobre os zerg

Fidelidade: Supremacia Terrana

Diâmetro/Gravidade: 9.265 km; 1,09 do padrão

Inclinação Axial/Clima: 13,5 graus; +/- 34º Celsius, nível extremamente baixo de umidade

Geografia/Assentamentos: 18 pequenos mares de poeira, 28 planaltos (17 vulcânicos); 12 colônias principais (destruídas), 86 postos avançados de mineração, 12 refinarias

Lua: 2 – Pyramus, Thisby (cinza, médio porte, >2.000 km diâmetro)

Terreno Dominante: Caatinga, montanhas e desertos.

Formas de Vida Dominantes: Terrano – União Kelmoriana e Supremacia Terrana

Formas de Vida Indígena: nenhuma/pequena infestação zerg

Importações: equipamento de mineração, trabalhadores, alimentos, água

Exportações: minério refinado e bruto, gás vespeno, gás terrazino, ferro-velho.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.